Home   |  Núcleo de Memória  |  Relembre  |  Contato  |  Agenda  |  Equipe  |
 
TEMAS DO ACERVO
Nova incorporação ao acervo artístico da Abadia São Geraldo
  

     Foi recentemente registrada no patrimônio artístico da Abadia São Geraldo uma gravura de origem francesa denominada Hymne à la Vierge/ Lobgesang der heitigen Jungfrau/ Hymn to the Virgin ou Hino à Virgem.

        A obra, datada de 1861, foi impressa pelo conhecido impressor francês Goupil & Cie., gravada por Amédée Varin, a partir de uma pintura original de Lanfant de Metz.

    
O autor da imagem original: Lanfant de Metz
 
        A gravura, que representa uma monja tocando piano ou órgão para um grupo de jovens e crianças,  foi feita a partir de uma pintura de Lanfant de Metz (1814-1892), um pintor de gênero, cuja obra se destacou principalmente pelos  temas infantis.
        Lanfant foi discípulo do mestre holandês, o pintor romântico Ary Scheffer.  Há obras dele em museus europeus e em coleções privadas.
 

         

Obras de Lanfant de Metz

 

O gravador: Amédée Varin

 
        O autor da gravura que reproduz o original de Lanfant de Metz foi Amédée Varin  que trabalhou para o conhecido Goupil reproduzindo pinturas em voga. Nasceu em Châlons-sur-Marne em 1818 e faleceu em Crouttes em 1883.  Trabalhou com seu irmão Eugene, reunindo várias técnicas em suas obras: água forte, maneira negra, água tinta, chamado “estilo Varin”. 

  

O impressor: um líder na produção de estampas artisticas

 

        A empresa que deu origem à Goupil & Cie. nasceu em 1806. Tendo passado por várias reestruturações, adotou o nome de Goupil & Cie em 1850 e perdurou até 1893. Comercializava estampas, quadros, desenhos, e passou depois a fazer a impressão e edição de estampas e fotografias.

 

Adolphe Goupil, capitão da industria de reproduções

  

        Teve papel central no comercio de obras de arte na França  do século XIX. Estabelecida em Paris, logo abriu filiais em Londres, Berlim, Bruxelas, New York e Haia. Goupil trazia trabalhos de artistas acadêmicos da geração romântica, e os principais nomes das escolas de Haia e Barbizon. 
        Goupil recebeu o título de Cavaleiro da Legião de Honra da França e depois o de Oficial por ter “contribuído para propagar no estrangeiro o gosto pelas artes e os valores morais da sociedade francesa"  de então.
        Um dos sócios da Goupil foi Vincent Van Gogh (tio "Cent"), tio homônimo do famoso pintor holandês.

 

Estabelecimento da empresa Goupil & Cie, em Paris, século XIX

   

Galeria de arte de Goupil, século XIX

 
 

Texto: Giselle Peixe  





Pesquisar:  


Foram Encontrados 6 Registro(s).